Inteligência competitiva – Quando a informação pode gerar lucro

Inteligência Competitiva

Como a inteligência competitiva é importante para uma empresa saber as tendências do mercado e antecipar futuras decisões

Hoje nota-se cada vez mais as mudanças que vão acontecendo no mercado. E é importante as empresas estarem preparadas para se anteciparem a movimentos de concorrentes, de clientes, de consumo, sinais de mercado, mudanças perceptíveis que a tecnologia vem trazendo e que afetam todos os setores.

“Todo executivo experiente já sabe: uma proporção significativa do tempo de um administrador é ocupada por um processo cotidiano de tomada de decisões numerosas e variadas”, afirma Alfredo Passos, professor da ESPM, autor dos livros Inteligência Competitiva – Como fazer IC acontecer na sua empresa e E a concorrência… não levou! – Inteligência Competitiva para gerar novos negócios empresariais. “Num único dia, ele pode ser forçado a escolher um caminho futuro

Alfredo Passos: “É importante incentivar as pessoas de dentro da própria empresa a compartilharem informações”

Alfredo Passos: “É importante incentivar as pessoas de dentro da própria empresa a compartilharem informações”

para as operações da companhia, dirimir um conflito organizacional e resolver uma série de problemas operacionais corriqueiros. Por isso, é necessário um profissional dentro de um dos setores da empresa que fique atento ao que é chamado de fatores da macroeconomia, ou seja, os movimentos culturais, sociais, econômicos, enfim, tudo o que acontece no País e que, de certo modo, é um reflexo do que tem acontecido também em outros países. É necessário ver que esses movimentos também afetam os negócios. Um exemplo são as manifestações populares de junho do ano passado; elas afetaram os negócios das empresas em julho, as vendas caíram nesse período.”

O gestor precisa compreender que ele não tem só e exclusivamente um tipo de cliente, ele começa a ter vários públicos-alvo; tem de estar antenado aos jornais, ao governo, às associações, à comunidade onde ele está integrado e a muitos outros públicos, monitorando os sinais do mercado. É este o papel do profissional de inteligência competitiva ou estratégica: compreender como os movimentos externos podem impactar na empresa de forma positiva ou negativa.

 

Importância para as pequenas e médias empresas

Num mundo onde a concorrência é cada vez maior, é necessário ter alguém na empresa responsável por se inteirar do que está acontecendo na sua região; ver quem oferece os mesmos produtos ou serviços, comparando preços, promoções que estão sendo divulgadas, enfim, o que está sendo proposto pela concorrência. “A informação pode estar muito próxima e não precisa de nada tão sofisticado, só alguém com o compromisso de ficar recolhendo informações do que está acontecendo fora dos portões da empresa”, analisa Passos. “O pequeno e médio empresários costumam se concentrar onde têm mais experiência, por exemplo, no produto, e deixam um pouco de lado o comercial.”

Segundo ele, as empresas brasileiras têm uma defasagem em relação a alguns países na aplicação da IC, principalmente os Estados Unidos, onde as companhias já conhecem e aplicam a inteligência competitiva há muito mais tempo – temos mais de 10 anos de defasagem nesse conhecimento. “É importante incentivar as pessoas de dentro da própria empresa a compartilharem informações, deixarem um canal aberto para esse diálogo, ficarem atentas aos comentários dos clientes, às vezes uma boa ideia vem de forma gratuita.”

 “Falar sobre inteligência competitiva é falar sobre a necessidade de as empresas se anteciparem a movimentos e tendências que acontecem na sociedade de consumo”

A inteligência competitiva no mercado de cama, mesa e banho

Na opinião de Passos, com movimento em torno de R$ 8,5 bilhões e crescimento em torno de 0,5%, estima-se que o mercado de cama, mesa e banho tenha uma expansão de 10% em 2014. “O sonho do enxoval para a casa nova ainda continua nos planos dos brasileiros e, junto com a retomada das vendas para o mercado externo, pode assegurar este índice de expansão.”

Ele ressalta que o setor de confecções têxteis pode ser subdividido em vários segmentos como vestuário, roupas de cama, mesa e banho, artigos de decoração e artigos não-tecidos, entre outros. “E, para quem trabalha com informações e principalmente para quem vai fazer uma análise competitiva, é importante saber como segmentar o mercado e, em especial, em que grupo estratégico se está competindo. A divisão dos produtos usualmente classificados dentro do segmento de cama, mesa, banho e copa inclui edredons, colchas de cama, colchas de cobertura, fronhas e lençóis; centros e toalhas de mesa, guardanapos e jogos americanos; tapetes e toalhas de banho e de rosto,  e pode mostrar novas oportunidades pois, sem uma análise mais detalhada,  não se percebem novos mercados.”

Para o professor da ESPM, o Brasil é um grande produtor desses artigos e os confecciona com qualidade e de forma bastante competitiva. “São poucos os produtores no mundo, cabe destacar os Estados Unidos, Bélgica, Itália, Alemanha, Índia e Turquia, atuando especialmente na área de felpos. Se os principais clientes desse segmento são o pequeno varejo tradicional, grandes lojas de departamento, hiper e supermercados, lojas especializadas, shopping centers, hotéis, hospitais e restaurantes, além do mercado externo, é necessário acompanhar os movimentos de cada uma dessas empresas para antecipar movimentos da concorrência quanto a preços e promoções, entre outras possíveis ações. Afinal, quem não olhar o mercado para se antecipar às ações poderá não só perder mercado como também dinheiro.”

Matéria produzida pela ML Jornalismo para a revista Têxtil House nº 7, publicação da Grafite Feiras

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s