ADRIANA FALCÃO: ESCREVER É O QUE MAIS GOSTO DE FAZER

Não era mais doido do que as outras pessoas do mundo, mas sempre que ele passava as outras pessoas do mundo pensavam, lá vai o Doido da Garrafa, e assim se esqueciam das suas próprias garrafas um pouquinho. (trecho do livro O doido da garrafa)

foto-338x400

Todo escritor tem uma característica. A de Adriana Falcão, sem dúvida, é a habilidade em lidar com as palavras com muita criatividade e uma pitada de humor. Arquiteta por formação, “uma das escolhas mais burras que fiz na vida”, Adriana conta que percebeu que criar projetos não era seu destino e acabou virando redatora de publicidade. “Ganhava dinheiro escrevendo, que é a coisa que mais gosto de fazer, tinha três lindas meninas, estava tudo certo. Apesar de carioca, desde os 11 anos morava no Recife. O João Falcão, com quem estou casada há mais de 20 anos, no entanto, tinha muita vontade de vir para o Rio e nós, num ato de coragem, largamos tudo e viemos com as meninas. Daí a sorte, a vida, Deus e nossa vontade nos ajudaram e terminei me tornando escritora e roteirista”. Seu livro A máquina (1999), segundo ela o início de tudo, conta a linda história de amor de Antonio por Karina, que o faz até viajar no tempo, e cativa pela narrativa delicada e cheia de humor. “Tentei escrever uma peça de teatro, não consegui, e escrevi a história num formato literário para meu marido adaptar para o teatro depois. Mas o livro foi publicado e eu virei escritora”. Como roteirista, Adriana está por trás dos programas mais espirituosos da televisão brasileira, começando por A grande família, onde há 10 anos escreve textos que retratam o cotidiano de uma típica família de classe média brasileira. Ela fez também textos para as séries Comédia da vida privada e Brasil legal, além de roteiros para cinema. Seu primeiro livro infantil, Mania de explicação, que relata a história de uma menina que adora imaginar e inventar explicação para as coisas complicadas do mundo, recebeu duas indicações para o Prêmio Jabuti 2001 e o Prêmio Ofélia Fontes, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Em 2002, ela publicou o romance juvenil Luna Clara & Apolo Onze. Entre outras obras suas de sucesso, destacam-se O doido da garrafa (2003), Pequeno dicionário de palavras ao vento (2003), O Zodíaco – Doze signos, doze histórias (2005), Sonho de uma noite de verão (2007) e A arte de virar a página (2009). “Sempre gostei de ler e de escrever, mas achava inatingível ser escritora”, conta Adriana. “O Universo foi me ajudando e eu virei escritora ‘sem nunca ter escolhido’. Gosto de mexer com as frases, com as palavras, surpreender com elas, com uma ideia, com o sentido. Encontro inspiração para meus textos na vida, em algo que vi na rua ou que me contaram, na hora de escrever vai tudo! Sou muito disciplinada e muito insegura. E a minha insegurança é a minha melhor amiga. É ela que me faz querer sempre aprimorar, revisar, ter uma ideia melhor… Acho que só sei fazer humor. Sou assim na vida também. Se algo é ruim, logo vira piada. É completamente diferente escrever literatura, para o cinema e para a televisão, e faço tudo isso feliz da vida, me sentindo muito sortuda por trabalhar com algo tão instigante”. Entre os escritores que a influenciaram, Adriana cita, sem pestanejar, Fernando Pessoa e Gabriel García Márquez. Sempre leu muito e afirma que seu escritor preferido é o mineiro Paulo Mendes Campos, autor de A palavra escrita, Cisne de feltro e Os bares morrem numa quarta-feira, entre muitos livros. “Gosto de vários outros autores, mas o Paulo é uma paixão especial!” No momento, além do seriado A grande família, a autora está escrevendo para um novo projeto de João Falcão e para outro de Daniel Filho. “Estou trabalhando feito louca. Mas não me preocupo com os próximos projetos. A vida tem me levado e vou indo. Na verdade, o que eu queria mesmo era trabalhar menos, escrever mais literatura e ter tempo para a minha neta Isadora, que é a minha mais nova e maior paixão”.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ML Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s